Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

Neste mundo global em constante mudança abrem-se novas oportunidades para desenvolver e implementar estratégias de crescimento que potenciam o negócio.

Uma gestão exemplar em QSMS-RS & Sustentabilidade é estratégica, posso mencionar dezenas de marcas famosas, mas que logo depois vem em mente associações a seus acidentes ambientais, morte e mutilações de seus colaboradores em suas operações, trabalho escravo e por aí vamos.

Devido à dinâmica de mudança, algumas empresas enfrentam situações complexas que podem conduzir ao seu encerramento, ou parda de investimentos

Vejam-se os casos internacionais das empresas do setor de óleo e gás (Macondo e Exxon Valdez) e no setor de mineração no Brasil (Mariana, Brumadinho e Barcarena)  .

Na minha vivência na área constatei que estas situações se devem às empresas aceitarem riscos excessivos e/ou terem falhas na gestão desses riscos.

E uma falta de visão quão tão é importante uma gestão de riscos socioambientais de QSMS-RS e Sustentabilidade onde se analisa não só os riscos ambientais como o risco em todos os setores.

Sem dúvida é relevante ter em conta os riscos. Mas …….

O que é o risco? será que sua organização, ou melhor a alta direção tem ideia do que seja?

É a “combinação da probabilidade de um acontecimento e das suas consequências.

Isto é, um evento pode ter consequências negativas ou positivas na empresa, afetando o seu desempenho.

Alguns dos fatores que têm impacto nas empresas são externos outros são internos e ambos devem ser identificados e avaliados.

Qualquer empresa, para sobreviver, deve criar valor (que depois se repartirá pelas partes interessadas) mas, este potencial pode ser destruído por eventos desfavoráveis e não previstos.

O processo de gestão do risco faz-se em três passos:

Identificação do risco, sua gestão e decisão, monitorização do risco, permitindo controlar o nível de risco e alcançar os objetivos pretendidos, garantindo-se a sustentabilidade do negócio.

Sem dúvida Interessa preservar o valor da organização, aproveitando as oportunidades, mas também estar preparados para o risco e ter uma resposta que minimize perdas.

Assegurar-se-á assim um desempenho equilibrado e sustentável.

Afinal, o que é a gestão de risco socioambiental de QSMS-RS & Sustentabilidade?

Um processo contínuo, conduzido não só pela alta direção, mas também com o engajamento de diferentes colaboradores, no estabelecimento de estratégias de QSMS-RS e Sustentabilidade.

No intuito de procurar identificar em toda a organização no seu dia a dia potenciais eventos, capazes de afetá-la, e gerir os riscos de modo a mantê-los compatível com a apetência ao risco da organização e possibilitar garantia razoável do cumprimento dos seus objetivos.

Este processo cria uma estrutura que permite que a atividade se desenvolva de forma consistente e controlada.

Onde podemos observar as seguintes vantagens deste processo em sua gestão;

Vejamos como;

Alinha a tolerância ao risco com a estratégia;
Melhora as decisões na resposta ao risco;
Melhora a proteção dos ativos e imagem da organização;
Potencia o desenvolvimento e apoio à base de conhecimentos e das pessoas;
Otimiza a alocação do capital e dos recursos na organização ;
Melhora a eficiência operacional.

A gestão do risco socioambiental em QSMS-RS & Sustentabilidade não é obrigatória (muitos enxergam só como custo)!

Mas a sobrevivência da sua organização também não!

Exemplos na história e atualmente na mídia temos vários!

A decisão é sua!

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *