Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

Conduzindo sua cadeia de suprimentos (blockchain) para conformidade na sua gestão de ESG, fator crucial para seu gerenciamento de risco socioambiental.

Quando realizamos due diligencies de nível e maturidade ESG, em nossos clientes, notamos uma falta de olhar para cadeia de seus fornecedores, e isso, significa um grande risco socioambiental para sua operação

Ser compatível com uma gestão ESG é de grande importância para muitas empresas nos dias de hoje, e o efeito positivo que a conformidade pode ter sobre o meio ambiente e o social é enorme, mas estes podem ser negados se sua cadeia de suprimentos não estiver socio ambientalmente consciente e seguir boas práticas.

 Em um mundo ideal, todas as organizações seriam credenciadas para uma gestão ESG, mas nem sempre é assim.

 Então, como garantir que o comportamento e o desempenho da nossa cadeia de suprimentos não tenham um efeito negativo sobre o meio ambiente?

Uma organização deve “considerar o desempenho socioambiental e as práticas dos fornecedores”, por isso, embora esteja claro que uma organização tem responsabilidades para controlar o desempenho de um fornecedor, ela não é específica em termos de quais metas e objetivos devem ser estabelecidos.

O que é óbvio é que se sua organização está socio ambientalmente consciente e compatível, então você tem a responsabilidade de tornar sua cadeia de suprimentos o mais eficiente socio ambientalmente possível.

Qual é a melhor maneira de conseguir isso?

Estabelecendo objetivos e medidas para sua cadeia de suprimentos!

Dependendo da natureza do seu negócio e de sua cadeia de suprimentos, você pode ter muitas considerações socioambientais e aspectos a considerar, e eles podem variar em qualquer lugar desde uma pegada de carbono até emissões potencialmente prejudiciais, e qualquer coisa no meio.

 Pode ser sensato pedir ao seu fornecedor para identificar e quantificar seus próprios aspectos ambientais, com sua contribuição.

A partir daí, você pode identificar como as ameaças ambientais do seu fornecedor combinam com as suas, e identificar oportunidades para melhorar, bem como ameaças.

Em seguida, você pode estabelecer indicadores-chave de desempenho (Kpis) para o seu fornecedor e pedir que eles informem os resultados para você em intervalos acordados.

É possível então avaliar e ter controle sobre o impacto ambiental de sua cadeia de suprimentos, e também é uma boa prática ter esses resultados revisados por sua própria equipe ambiental.

 Agora que temos visibilidade do desempenho do nosso fornecedor, como mantemos e melhoramos?

Se você estiver familiarizado com o padrão ISO 9001 você estará familiarizado com o conceito de melhoria contínua e também o ciclo “plan-do-check-act”.

Gerenciar o desempenho de sua cadeia de suprimentos em desempenho ambiental pode tomar uma forma semelhante, ou seja, uma combinação dos dois conceitos.

 Monitore os resultados que eles fornecem, analise-os e peça sugestões para melhoria contínua.

Tendo conhecimento dos aspectos socioambientais do seu fornecedor, você estará bem posicionado para sugerir melhorias também.

 Documente-os em conformidade e meça como o desempenho é afetado.

Realizar reuniões de revisão em intervalos acordados, e dada a maior dependência da gestão de riscos para garantir que seu fornecedor tenha processos internos para identificar e mitigar o risco ambiental e a capacidade de conduzir ações corretivas documentadas, se necessário.

Estamos juntos!

Leia mais

Faça agora mesmo sua inscrição

Para finalizar, selecione a modalidade da sua inscrição e efetue o pagamento:

Faltam apenas

Dias

Nos vemos lá!