Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

Meus colegas da segurança não irão gostar, mas a verdade é que acidente do trabalho não fecha uma organização totalmente, mas acidente ambiental e problemas com as comunidades encerram muitas operações!

Você conhece todos os seus riscos socioambientais? Não! acho bom conhecer, antes da próxima crise!

Vamos deixar uma questão bem clara aqui, todo acidente é uma crise, e assim deve ser tratado

Se você acha que só acontece com as outras organizações, pode parar por aqui, pois esse texto não é para voce

Como já passei muitas em várias, sinto-me a vontade de falar um pouco sobre o assunto  

Antes de iniciarmos o processo de gestão de crises com grandes impactos socioambientais, precisamos entender a diferença entre gestão e gerenciamento.

A gestão de crise é um processo que começa com a identificação de possíveis temas que possam trazer danos operacionais a organização, conhecidos como riscos.

Ou seja, a gestão começa muito antes da” vaca ir para brejo “, representando um processo preventivo.

Já o gerenciamento de crises são as medidas corretivas que sua organização vai aplicar na hora que a crise já estiver em curso,  na realidade é o que você faz para apagar incêndio, tentando controlar para que o dano não se agrave, se é que é possível !

Seguem nossas sugestões baseadas pelo o que já passamos e aprendemos nessas décadas na área de QSMS-RS & Sustentabilidade em gestão de crises e gerenciamento.

A diferença entre os dois é enorme e precisa de muita dedicação.

Na primeira fase, trabalhamos antecipadamente para identificar e mitigar riscos, e depois temos que reduzir os impactos causados pela falta prévia de gestão.

Não basta ter uma série de procedimentos e coleção de manuais para prevenir crises.

Se fosse assim, tudo seria mais simples, não é mesmo?

Primeiro, precisamos dividir o trabalho de gestão de crises em três etapas:

  • Pré-crise,
  • Durante a crise.
  • Pós crise.

Em cada um desses momentos, teremos passos e etapas específicas para seguir:

Pré-crise

  • Mapeamento de riscos
  • Construção da matriz de risco
  • Criação de um plano de ação considerando os stakeholders impactados;
  • Elaboração de procedimentos realísticos;
  • Realização de exercícios de simulados (Sem data e hora marcada, por favor!)

Durante a crise

O gerenciamento é o conjunto de ações e procedimentos adotados pela equipe quando ela já está no cerne da crise, compreende:

  • Avaliação da situação e extensão da crise
  • Mapeamentos dos stakeholders envolvidos;
  • Acionamento do comitê de crise;
  • Comunicação rápida com os impactados (comunidades), colaboradores, mídias sociais e stakeholders;
  • Monitoramento constante;
  • Execução do plano de ação e medidas corretivas.

       Pós Crise

É hora de avaliar os danos e anotar os aprendizados, ou seja, a famosa reunião de gestão de lições aprendidas

  • Análise crítica da atuação dos participantes na crise direta e indiretamente no gerenciamento;
  • O que deu errado, o que deu certo, o que faltou em nosso procedimento, nova matriz de risco etc.  
  • Enumere os aprendizados
  • Analise os conteúdos publicados nas mídias;
  • Reflita sobre pontos de melhoria nos procedimentos internos, reavaliar a matriz de risco e seu PAE.

Você nunca sai de uma crise, mesmo que seja um acidente dentro das paredes da organização da mesma maneira que você entrou.

Lembre-se, conselho de quem tem muitas cicatrizes desde pequenos a grandes acidentes tanto de trabalho como socioambientais.

“TODO PLANO DE EMERGÊNCIA, É O MELHOR DO MUNDO ATÉ O PRIMEIRO ACIDENTE /CRISE “

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *