Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

Antes de mais nada, gostaria de dizer queprefiro falar em sistema de gestão, e não em modelo.

Diferentemente de um modelo, que pressupõe um retrato estático, um sistema compreende partes interligadas com funções específicas.

Gestão, por sua vez, entendo como um sinônimo para atingir resultados.

Portanto, sistema de gestão tem o significado de partes interligadas que têm como função atingir resultados.

 E é fato que um sistema de gestão eficiente pode servir em qualquer tipo de organização.

Não se trata de pegar um modelo pronto e fazer com que todos se encaixem nele, e infelizmente é o que mais tenho visto por aí em nossas consultorias.

 Simplificar a ideia do sistema é um grande equívoco.

Sistema de gestão não quer dizer, necessariamente, apenas corte de custos e criar atalhos!

É uma simplificação absurda e incomoda bastante quando escuto isso em nossas consultorias

Um Sistema de gestão em QSMS-RS & Sustentabilidade é algo bem maior do que isso.

Um bom sistema de gestão começa com a formulação estratégica.

Trata-se basicamente de entender aonde a organização quer chegar.

Você pode começar com formulações bem simples no primeiro ano e ampliar a análise e a sofisticação ao longo dos anos até que você e sua equipe tenham conhecimento suficiente para traçar formulações mais elaboradas sempre buscando a excelência do seu sistema.

Essa parte do sistema de gestão deve estar interligada, por procedimentos específicos, a outras duas partes.

Uma que vise estabelecer, desdobrar e atingir as metas do ano e outra que vise gerenciar os projetos decididos na formulação estratégica.

Finalmente, essas duas partes devem estar intimamente interligadas com a padronização disciplinada do gerenciamento da rotina do trabalho do dia a dia.

Com tudo isso, a organização terá produzido resultados, que é a função final do sistema.

São iniciativas muito simples.

Um sistema de gestão é aplicável a organizações de qualquer segmento econômico.

Tudo funciona bem com a boa gestão, e essa é a maneira mais eficaz de melhorar a vida de qualquer pessoa ou corporação com o mínimo de investimento.

Elabore um diagrama para cada grupo, faça um brainstorming com seu time procurando desenvolver um plano de ação de como conduzir o grupo para que tenha satisfação.

Já presenciei casos em que o sistema levou mais de um ano, depois de considerado pronto, para efetivamente iniciar a operação.

 A razão disso é que foram descobrir, depois, que os processos que alimentavam o sistema do SGI com informações estavam mal estabelecidos.

Em outro caso, o setor de compras falhou, e a organização foi penalizada e perdeu uma boa a participação no mercado, por não estabelecer critérios em QSMS-RS & Sustentabilidade.

Qualidade, Segurança do trabalho e Saúde, Meio Ambiente, Responsabilidade Social, e ações de Sustentabilidade, SIM !!!!!!, se falam e ser intercomunicam o tempo todo, uma sem a outra não é eficaz para a organização.

Quando se tem dificuldades na implantação do SGI, liste todos os conflitos, priorize e começar a resolver, pacientemente um a um.

Minha sugestão: Utilize as reuniões para apresentar a lista de conflitos e proponha o início de um esforço para sua solução com todas as áreas envolvidas.

 Essas ocasiões podem ser muito boas desde que se tenha, de fato, problemas operacionais do dia a dia a serem discutidos.

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *