Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

A utilização de treinamentos com realidade virtual e e-learning em QSMS e sua contribuição para os trabalhos como parte fundamental do sucesso.

Quando assumi a direção de QSMS-RS &Sustentabilidade na Coreia do Sul e Cingapura, não tinha ideia de como o desafio era grande em um estaleiro, substituía um colega que se ausentava por stress e achei estranho , era em um site de 11.000 colaboradores em três turnos, nada demais!

Já que vinha de obras com até 30.000 colaboradores em um site no meio da selva e no deserto.

Ledo engano meu, e mais uma vez aprendi lições que foram muito importantes para o resto da minha profissional

Subestimei o projeto, apanhei, errei muito, falhei muito em minhas decisões, todas entraram par o meu currículo de lições aprendidas.

A indústria naval é uma das indústrias de produção mais antigas e pesadas do mundo onde os processos de produção são variáveis, complicados e perigosos.

90% do comércio mundial é realizado pela indústria naval que desempenha um papel central na importação e exportação de mercadorias na escala necessária para o mundo moderno.

Mas a construção de um navio é um processo altamente complicado e técnico onde envolve muita tecnologia.

À medida que o navio cresce a partir das primeiras placas de aço, torna-se um ambiente em constante mudança e complexo com subconjunto constantemente em constante mudança de potenciais perigos.

Todos eles não só exigem procedimentos bem fundamentados para a realização do trabalho, mas também mecanismos para reconhecer e lidar com as milhares de situações não planejadas.

À medida que a embarcação cresce, andaimes ou encenações são adicionados continuamente para fornecer acesso ao casco (corpo principal do navio).

 Esta própria construção tem seus próprios perigos, além disso, sua conclusão expõe os colaboradores a riscos à medida que a altura sobre o solo ou a água aumenta.

 Porque à medida que o casco começa a tomar forma, o interior também toma forma (os métodos modernos de construção permitem que grandes subconjuntos sejam empilhados uns nos outros).

 Assim, são formados espaços fechados e confinados.

O casco pode ser um vazio que pode conter lastros, ou ter tanques, porões de carga, sofisticados centros de controle de combate ou simplesmente compartimentos para dormir.

Cada caso exige colaboradores altamente especializados que trabalham nas proximidades um cenário típico de km tubos , milhares de válvulas , eletricistas puxando cabo de arame e instalando placas de circuito, posicionamento de montadores de navios e placas de deck de soldagem, pintores de pincel , tripulações de isoladores , carpinteiros ou uma equipe de teste verificando a precisão dos sistemas.

Todas essas são tarefas cotidianas sujeitas a mudanças de horário ou engenharia.

 É neste ponto que a mão-de-obra desta indústria se torna evidente como deve ser qualificada não só tecnicamente, mas nas questões de QSMS, e aí entra a necessidade dos treinamentos e sua validação passam a ser fundamentais.

A indústria naval engloba estaleiros, fabricação, manutenção e reparo, composto por os mais diversos riscos, como trabalho em alturas, espaços confinados, exposição a produtos químicos e vapores metálicos.

Se falarmos de produtos químicos, eles são expostos ao amianto, arsênico, alumínio, cádmio, chumbo, manganês, cobalto, ferro, estanho etc.

Isso pode ter efeitos adversos na saúde, dependendo de sua composição e exposição.

A aplicação de revestimentos também apresenta riscos à saúde.

Para evitar ou reduzir toda a exposição acima a riscos e riscos, a saúde e a segurança devem ser bem coordenadas.

Investimos muito em treinamentos, e como eu briguei por isso, e o maior desafio era alcançar a todos e medir a eficiência destes treinamentos e valida-los!

 Sim valida-los, pois só fazer o colaborador assinar que assistiu um treinamento e virar as costas não é o suficiente para mim!!

Os treinamentos no local de trabalho, com realidade virtual de segurança e os e – learning podem enfatizar, promover e influenciar o comportamento seguro no local de trabalho.

Todos os três têm diferentes mecanismos de aprendizado onde os treinamentos são mais diretos e acomodam fisicamente os funcionários, a animação e o aprendizado eletrônico se beneficiam quando boas práticas precisam ser comunicadas no menor espaço de tempo.

A animação da realidade virtual oferece uma experiência visualmente agradável de uma só vez, os principais processos, procedimentos, protocolos seguros e medidas preventivas de construção naval podem ser transmitidos.

Os e-learning resumem procedimentos complexos com uma mistura de dublagens, animações, tutoriais a gravidade dessa indústria abrangente pode ser melhor compreendida através deles.

A animação em realidade virtual de segurança permite ainda a exibição abrangente de complexidade, escala de trabalho e as várias camadas intermitentes e necessárias de barreiras de segurança implementadas para criar um ambiente de trabalho mais seguro.

A segurança do pessoal é de extrema importância as práticas e atitudes no local de trabalho em relação a práticas seguras na qual impedirão e reduzirão os riscos ocupacionais, bem como treinamentos adequados, uso adequado de EPI e protocolos seguros são necessários.

Não podemos esquecer a importância da análise de permissão de trabalho e de risco.

Os riscos devem ser bem avaliados e as autorizações também são meios de comunicação entre os que executam tarefas, a pessoa responsável pela segurança e alguém que pode apresentar riscos quando o trabalho está sendo realizado.

Um progresso enorme é visível na área de QSMS para os colaboradores do estaleiro através de equipamentos e métodos de construção aprimorados, instalações mais seguras e uma força de trabalho altamente treinada.

A indústria da construção naval deve continuar fazendo isso e, à medida que avançamos em programas de treinamento em QSMS que envolvem os colaboradores mais ativamente e consideram suas ideias, aumenta a conscientização dos colaboradores.

Isso cria a propriedade das tarefas entre os colaboradores com isso, o verdadeiro sucesso do QSMS-RS & Sustentabilidade pode ser alcançado.

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *