Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

São + de 35 anos na área e começar em uma área de altíssimo risco, me levou a acumular um livro de gestão de lições aprendidas nos 4 cantos do mundo onde atuei.

 Permitam-me o atrevimento em dar essa sugestão.

Novos colaboradores não querem se acidentar, e eles têm perguntas sobre seu novo trabalho.

O objetivo de um novo programa de mentoria de colaboradores é ensinar a fazer com segurança sus tarefas.

Você não pode aprender como fazer todas as partes do seu trabalho na sala de aula.

Você acumula conhecimento útil ouvindo um instrutor, mas você aprende as funções práticas, práticas do seu trabalho com aqueles com quem você trabalha todos os dias.

O treinamento no trabalho é uma parte natural do processo de aprendizagem de todos.

Um processo de mentoria ponto a ponto dos colaboradores utiliza colaboradores confiáveis para desenvolver atitudes positivas de segurança e disseminar informações críticas para novos trabalhadores.

Isso é semelhante a um programa de eu chamo de “líder campeão da segurança”, mas a diferença é o foco do mentor.

 O mentor foca na formação de novos colaboradores em seus primeiros 30 dias, enquanto o programa de Líder campeão de segurança foca no monitoramento de comportamentos e condições ao longo da vida do trabalho.

Eu entendo o poder do treinamento prático.

Quando comecei a trabalhar em plataformas por volta de 83, passei a maior parte dos meus primeiros quatro meses em uma sala do tamanho de dois cubículos com outras quatro pessoas.

 O objetivo era estudar os padrões.

Fizemos isso todos os dias por quatro meses.

Você pode imaginar passar oito horas por dia, cinco dias por semana preso em uma pequena sala olhando para normas, procedimentos etc.?

Não é emocionante? Melhor ainda, quão eficaz é isso?

O treinamento não foi uma orientação, mas sim uma iniciação.

 Não sei o quanto aprendi nos primeiros quatro meses, mas eu, juntamente com meus colegas, sobrevivi à prisão.

A próxima etapa do programa foi muito mais útil. Nós acompanhamos os mais experientes de conformidade em suas inspeções, e eu comecei a ver como as pessoas faziam o trabalho que eu aprenderia a fazer.

Os mais experientes eram meus mentores e eles me ensinaram os detalhes práticos do trabalho.

Foi onde eu realmente aprendi mais.

Nos nove meses seguintes, aprendi cada faceta do processo de inspeção e redação de relatórios com um mentor.

À medida que eu progredia, me deixavam fazer mais do trabalho, foi um processo que me ensinou os detalhes.

Depois de um ano, passei por uma avaliação final e comecei a realizar inspeções sozinho.

A lição que aprendi, é que aprender com livros é importante, mas não é onde você aprende a fazer seu trabalho.

 Você aprende seu trabalho com as pessoas!!!!!!!

 Empresas com um histórico de desempenho excepcional em segurança têm sistemas que se aproveitam do poder do aprendizado ponto a ponto.

Dê aos colaboradores preocupados com a segurança a oportunidade de incutir seus valores de segurança com os novos que chegam por meio de mentoria.

 Isso ajuda a perpetuar uma cultura que abraça a segurança.

Um programa de mentoria eficaz deve atingir metas específicas:

Identifique líderes preocupados com a segurança em sua força de trabalho. Toda empresa tem líderes naturais em seu ambiente de trabalho. Eles podem não ter um título de liderança, mas você sabe que as pessoas os procuram com perguntas. Os colaboradores confiam neles.

Utilize esta norma social natural para desenvolver seu programa de orientação. 

Treine os mentores.

Capacite seus mentores a utilizarem sua influência para o bem da segurança. Explique como o processo funciona e informe seus participantes sobre a importância do papel deles. Explique suas expectativas sobre como eles avaliarão e treinarão os colaboradores.

Eles têm a oportunidade de influenciar a próxima geração de trabalhadores em sua empresa. O treinamento deve dar aos mentores um sentimento de orgulho por sua contribuição.

Identifique os novos colaboradores e informe quem é seu mentor. As empresas fazem isso de várias maneiras. Você pode fornecer adesivos de novos colaboradores para capacete de segurança. Você pode ter novos colaboradores vestindo um colete de novo funcionário.

Você pode fazer o que se encaixa na cultura da sua empresa. O benefício é que os mentores sabem a quem precisam ajudar.

Estabeleça uma maneira de avaliar e treinar novos trabalhadores. O objetivo desta etapa é confirmar que os novos colaboradores conheçam e compreendam informações críticas de segurança.

A avaliação é uma ferramenta de treinamento e não uma ferramenta de medição de desempenho

O objetivo do programa de orientação é adicionar estrutura à maneira como os colaboradores aprendem a fazer seu trabalho e o processo capacita os líderes naturais a treinar novas pessoas.

 O ambiente da sala de aula é uma introdução à segurança.

 A realidade é que nossos colegas de trabalho nos ensinam como fazer nosso trabalho com segurança. Se você conseguir aproveitar essa dinâmica social de maneira positiva, terá um poderoso impacto na segurança da próxima geração de colaboradores

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *