Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

A maioria dos leitores estará familiarizada com o que significa um SGA, e os benefícios que a conformidade ambiental pode trazer.

 O SGA é projetado e escrito de tal forma que se aplica a empresas em todos os setores, e os benefícios podem ser acumulados, não importa em que setor sua organização opera.

É razoável supor que ainda maior ganhos socioambientais podem ser obtidos destacando e reduzindo o impacto de aspectos relevantes dentro de um local de trabalho de fabricação.

Então, o que precisamos levar em consideração para garantir que sua organização possa conseguir isso?

Haverá muitos aspectos que afetam o desempenho ambiental do seu negócio.

 Se você trabalha na fabricação ou serviços muitas atividades que sua organização realiza terá um impacto socioambiental.

Vamos olhar especificamente para o processo de fabricação em si.

 Identificar os principais aspectos ambientais é o ponto de partida crítico, e você pode usar essa nossa sugestão.

Faça uma lista de todas as “entradas” para o seu processo de fabricação;

 Onde devem incluir itens tão diversos como matéria-prima, eletricidade e custos de serviços públicos, embalagens, custos de viagem, e qualquer outra coisa que você considera tem um impacto ambiental.

A melhoria contínua é fundamental para o SGA, portanto, ter uma compreensão firme do seu ponto de partida é fundamental.

Um plano para remover ou melhorar esses aspectos, incluindo como e quando eles serão avaliados, garantindo que seus objetivos e desempenho sejam corretamente comunicados e compartilhados com sua equipe é muito importante.

Você terá que trabalhar para reduzir o impacto dos aspectos socioambientais que você identificou.

Como mencionado acima, você dependerá do seu processo de revisão para garantir que isso seja eficaz.

Realizar auditorias internas para gerar melhorias em seu sistema de gerenciamento ambiental é FUNDAMENTAL, e esse processo de auditoria pode ser usado para identificar aspectos e impactos que você pode não ter considerado, ou mesmo simplesmente examinar seu processo atual e extrair melhorias adicionais.

Por exemplo, um dos nossos clientes em que estava passando pela implementação do SGA, nossa equipe fez as seguintes observações após uma auditoria interna, ao analisar sucatas que existiam devido ao um processo, onde podiam ser recuperadas.

Só foi passível alcançado esse resultado por manter a disciplina de revisar, definir o escopo dos riscos e auditar internamente o desempenho e os aspectos ambientais

Lembre-se de que as melhorias ambientais geralmente andam de mãos dadas com as melhorias do processo e as reduções de desperdício, consumíveis e energia.

 Isso significa um benefício para o meio ambiente e os resultados da sua operação de fabricação.

Portanto, agora temos aspectos ambientais que identificamos, avaliamos e medimos.

Decidimos sobre os objetivos e os compartilhamos com a equipe.

Formulamos um plano para aprimorá-los e decidimos usar ferramentas como nosso processo de auditoria interna para apoiar a identificação de aspectos complementares e a melhoria dos existentes.

 Em outros termos, implementamos o PDCA, que está no coração da família de normas ISO, nos comprometemos com o uso de auditoria e revisão para garantir que promovamos a melhoria contínua em termos de nossos desempenhos ambientais.

 Isso também pode ser apoiado pela futura dependência crescente do SGA no gerenciamento de riscos, que deve envolver maior participação da equipe em termos de identificação e mitigação de riscos para os negócios, incluindo riscos que podem afetar o meio ambiente.

Se você desenvolver seu SGA para lidar com os aspectos ambientais, sem dúvida estará dando um grande passo para alcançar os resultados quanto na minimização de seu impacto no planeta em que vivemos, e que temos o dever de preservar.

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *