Gestão em QSMS-RS e Sustentabilidade

QSMS -RS & Sustentabilidade nas organizações de hoje, Industria 4.0, parte I

A preparação operacional não se limita à eficiência permite que uma empresa faça melhor uso de seus insumos, por exemplo, reduzindo defeitos em produtos ou desenvolvendo produtos de qualidade superior a um ritmo melhor.

Organizações seja qualquer segmento econômico já estão na famosa indústria 4.0, como uma engrenagem para aumentar a sua produtividade.

O conceito de integração efetiva dos sistemas de gestão de QSMS-RS & Sustentabilidade tem recebido atenção na última década.

Mas a sua tradução, especialmente no que diz respeito à qualidade, não foi amplamente implementada.

A qualidade e o SMS-RS e Sustentabilidade vão de mãos dadas e ambos os sistemas se perpetuam nos processos decisórios na indústria 4.0

Para fornecer valor para o futuro, uma indústria precisa quebrar seus silos de tecnologia de longa data e conectar os pontos de dados para o seu bem maior.

De muitas maneiras, o QSMS-RS & Sustentabiliade procura alterar os comportamentos que podem afetar o desempenho organizacional para fazer negócios.

Para, por exemplo, o termo “riscos de gestão” é um exemplo de disciplina cruzada e seu significado pode assumir formas e formas diferenciadas para diferentes divisões ainda assim, a gestão de riscos é um grande unificador da forma como as organizações conduzem seus negócios.

O objetivo geral de um sistema de gestão integrado (SGI) bem desenhado é encontrar a semelhança e, simultaneamente, atender às necessidades dos profissionais responsáveis pela gestão dos processos de seus segmentos.

O SGI incorpora todos os aspectos em um sistema único, Central e fácil de usar que enfatiza mais em aprendizados de disciplina cruzada.

Organizações confiam em tecnologias (4.0) para garantir a fabricação responsável, com qualidade, segurança e prevenção contra impactos socioambientais.

 Elas já integraram em seus sistemas de gerenciamento, esse foco os ajudou na redução de riscos, na obtenção de insights e nas comunicações abertas em diferentes departamentos.

Uma mudança saudável para funções integradas e harmonizadas

Tais iniciativas da indústria criaram um terreno fértil para harmonizar as funções de QSMS-RS & Sustentabilidade.

Para ajudar as empresas a lidar com esse tipo de divergência, a ISO fornece uma estrutura comum com linguagem compartilhada em todos os padrões e é flexível para adicionar disciplina e conteúdo específico do setor. ISO 9001 e 14001 chegaram harmonizados, e agora a ISO 45001 segue a mesma estrutura, incentivando a integração em práticas comerciais globais.

Existem alguns processos integrados multifuncionais que atendem às necessidades de qualidade e SMS-RS & Sustentabilidade.

Diretamente de auditorias e pesquisas, os processos integrados auxiliam em ações corretivas e preventivas, avaliações de risco, controle de documentos, treinamentos de funcionários, reuniões, gerenciamento de mudanças, incidentes e relatórios corporativos.

Eles foram vistos uma vez como díspares e em silos agora, é o momento de fazer melhorias, considerando as necessidades e atividades e interrelacioná-los para fornecer um nível de visibilidade e valor.

Mas nem toda empresa ou indústria está na mesma página, antes de harmonizar essas funções, eles precisam avaliar suas condições existentes para traçar o rumo certo para si mesmos.

Faça as perguntas certas;

Seus objetivos estão alinhados com suas funções?

Se sim, como eles afetam suas performances?

É necessário gerenciar certos processos e funções separadamente?

A abordagem integrada beneficiará a organização em termos de SMS-RS & Sustentabilidade, produtividade, custos e qualidade?

As respostas são a combinação de razões, e depende da cultura de QSMS-RS & Sustentabilidade, liderança executiva e força de vontade para se adaptar.

Embora esses sejam os aspectos mais difíceis de manobrar, os processos de QSMS-RS & Sustentabilidade integrados a indústria 4.0 são bastante alinhados e coordenados em conjunto.

O grau em que a transformação parece viável depende da prontidão da indústria, e os processos harmonizados podem ser usados como trampolim para elevar o desempenho em QSMS-RS & Sustentabilidade.

 Para se colocar no lugar único, é o momento certo de explorar as possibilidades e traçar um caminho que você pode sustentar por períodos mais longos.

Estamos juntos!

Publicado por Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *