Investimentos na área Social, Ambiental e Governança estão aqui e chegaram para ficar.


Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 68

A anos trabalhando com fundos de investimentos com forte preocupação na área de ESG, vinha acompanhando o que se passava no Brasil com a esperança que alguém fosse adiante, sem que fosse de fundos de investimentos estrangeiros, já que esta decisão já estava bem enraizada a tempos.

Ainda me lembro que toda vez que ia a Londres ou a Singapura prestar contas ao board sobre nossas ações em Sustentabilidade, ESG na África e na Asia, pensava, bem que podia ser no Brasil.

Agora definitivo no Brasil, observo e que sim, chega esta preocupação do investidor em olhar para área Ambiental, Social e Governança (ESG)

Afinal de contas quem investiria em uma empresa que pode fechar, ou assistir sua reputação ir boa água abaixo por falta de Governança, desastre ambiental ou passar por cima dos anseios das comunidades a sua volta?

Historicamente, investimentos com preocupação ambiental, social e governança (ESG) era sobre excluir ações de empresas indesejáveis de carteiras muitas vezes porque eles violaram o sentido de ética ou valores.

Investimentos desde então tem expandido para incluir a consideração dos critérios ESG, juntamente com os financeiros.

ESG está crescendo em importância entre os investidores institucionais independente do segmento econômico e tamanho  

Nos últimos anos, a adoção dos investidores institucionais e” high-net-Worth” em ESG, juntamente com o crescimento subsequente de ativos ESG sob gestão, tem acelerado.

 Vislumbra-se algumas direções para o crescimento do investimento em ESG.

O mundo está mudando ou melhor já mudou!

Desafios em Sustentabilidade Corporativa Global, tais como o risco de desastres ambientais, aumento do nível do mar, mudanças demográficas (refugiados ambientais) e pressões reguladoras estão introduzindo novos riscos para os investidores.

Como as empresas enfrentam crescente complexidade global (vide essa gritaria agora sobre a Amazônia), o investidor moderno pode procurar reavaliar abordagens tradicionais de investimento.

Está surgindo uma nova geração de investidores, ainda bem

Durante as próximas duas ou três décadas, a geração milenar vai investir pesado nessa direção

Estamos assistindo ações mais sistemáticas, quantitativas, objetivas e abordagens relevantes financeiramente sobre ESG na hora de investir.

Mas ainda tambem encontramos alguns investidores buscando um nível de conforto com o investimento de ESG.

Realizar uma gestão de risco socioambiental passa a ser fundamental para os fundos analisarem antes de tomar a decisão.

Seguir os princípios do Equador, atender os padrões do IFC não ficam atrás

E manter essas análises up to dates em todas reuniões de governança sem dúvida deve fazer parte na tomada de decisão para os rumos a seguir

Alguns investidores podem considerar os fundamentos em ESG um meio para alinhar investimentos com suas crenças, como alocação de ativos alinhados com impacto positivo

Outros podem focar em fazer um forte impacto no mundo, podem procurar direcionar seu capital para as empresas que fornecem soluções para desafios ambientais ou sociais e através de estruturas formais, como os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas (SDGs).

Finalmente, alguns investidores podem olhar critérios em ESG como uma maneira de gerenciar esses riscos e alcançar resultados financeiros sustentáveis a longo prazo.

 As questões ESG só continuarão a crescer e com forte impacto em nossa economia e sociedade globalmente.

Enquanto há um número crescente de estudos mostrando uma correlação positiva entre a ESG e desempenho, investidores podem desejar envolver-se com sua própria diligência para decidir se e como a ESG pode caber em seus processos de investimento.

 Acontecimentos recentes têm aumentado a gama de opções disponíveis para os investidores, oferecendo uma variedade de escolhas para implementar sua abordagem específica para integração de ESG em suas carteiras.

Estamos juntos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *