Como você cria uma cultura de segurança e Liderança em seu local de trabalho? VOU REVELAR O MEU SEGREDO!!


Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 68

Fico sem graça, pois acabei de falar e dar algumas sugestões, não sou guru, não tenho livro escrito, não tenho a pretensão de ter uma MASTER CLASS.

Eu só compartilho minha vivência e experiência na área de algumas décadas, meu cv?

 Tenho 17 fatalidades e inúmeras mutilações e lesões baixo minha gestão nesses + 36 anos na área , e como eu errei, e como tomei decisão errada e sofri as consequências, então me sinto confortável para realizar palestras e treinamentos, e falar sobre a minha gestão de lições aprendidas, MAS NÃO SOU GURU e não dito regras ou fórmulas mágicas

E NÃO TEM SEGREDO, tem muito trabalho, sim…., muita empatia e muita resiliência entre outros 1000000000 fatores

“SEGURANÇA DO TRABALHO E LIDERANÇA É GOSTAR DE GENTE “

As pessoas estão sempre falando sobre como as organizações precisam de uma boa cultura de segurança.

Faz sentido.

Mas como você realmente influenciar ou criar uma cultura de segurança em seu local de trabalho?

Uma cultura de segurança vai muito além das estatísticas que descrevem quantos acidentes ou mortes aconteceram em um local de trabalho.

Não se trata apenas de números ou números impressionantes, mas sim de valores partilhados entre todas as pessoas num local de trabalho.

 Esses valores se originam da equipe de gerenciamento sênior de uma empresa que deve colocar uma forte ênfase em fazer consistentemente as coisas da maneira correta e segura – mesmo que a maneira segura seja mais cara (pelo menos no curto prazo) do que outras alternativas.

Uma cultura de segurança deve ser valorizada pela alta administração e claramente comunicada a partir desses para os colaboradores, uma verdadeira cultura de segurança nunca pode ser fomentada simplesmente por uma abordagem de cima para baixo.

Não é suficiente que os colaboradores façam as coisas simplesmente porque estão seguindo ordens.

 Os colaboradores precisam acreditar em o que está sendo pedidos para fazer

A adesão à cultura de segurança é muitas vezes gerada por envolver ativamente colaboradores em forças-tarefa e comitês focados nesse desafio.

 Os comitês de saúde e segurança, portanto, devem ser compostos por membros da administração da empresa e indivíduos que estão trabalhando em todos os níveis da empresa, incluindo aqueles que trabalham em condições perigosas, empreiteiros e especialistas em segurança.

Frequentemente, as empresas elaboram políticas impressionantes que visam a segurança no local de trabalho que, na realidade, pouco mais fazem mais do que fazer o dever de casa a este conceito.

Além disso, este dever de casa, infelizmente, muitas vezes se estende apenas na medida em que as conversas com investidores e partes interessadas externas.

Muitos gerentes de segurança relatam ser convidados a fazer coisas inseguras ou dobrar ou quebrar regras, mesmo em empresas com protocolos de segurança bem estabelecidos.

 Para garantir que as empresas façam a coisa certa no dia-a-dia e que existe uma cultura de segurança clara na empresa, é crucial que as empresas forneçam treinamento eficaz e abrangente aos colaboradores.

Eles não podem estar seguros a menos que saibam o que fazer em uma variedade de situações desafiadoras do mundo real.

Estes treinamentos devem ir muito além do que simplesmente de ler materiais /livros etc.

O Ideal na minha visão, o treinamento deve incluir simulações do mundo real recriando a experiência real de um colaborador no trabalho.

Essas simulações podem ser particularmente importantes em certas indústrias de alto risco, como óleo e gás ou mineração

Além de treinamento eficiente, uma cultura de segurança também exige que as empresas implementem procedimentos claros de comunicação.

 Os colaboradores precisam entender o que é esperado deles, da perspectiva dos relatórios; e a gerência precisa ter números precisos sobre lesões e fatalidade, para que possam implementar atualizações de segurança, se necessário.

 O processo adequado para relatar, assim como o apoio da gerência e do local de trabalho como um todo para relatar adequadamente todos os incidentes, são igualmente importantes.

O objetivo de qualquer empresa é criar uma cultura de segurança e liderança que garanta que os colaboradores sejam felizes, saudáveis, produtivos e seguros enquanto realizam seu trabalho diário.

 Como destacado acima, uma cultura de segurança com Liderança, no entanto, não se refere apenas a números de lesões e fatalidade.

É um conceito mais ampliado, focado na criação de valores e políticas que apoiam esses esforços.

Estamos juntos!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *