SUSTENTABILIDADE E QSMS-RS, RESPONSABILIDADE DE TODOS!


Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 712

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 714

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 717

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 712

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 714

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 717

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 712

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 714

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 717

Notice: Undefined offset: 1 in /home/robertor/public_html/wp-includes/media.php on line 67

Em diferentes setores, não importando qual o tipo ou o tamanho da atividade econômica, a preocupação com a segurança, meio ambiente, qualidade, saúde ocupacional e social tanto entre os colaboradores e partes interessadas é crescente.

Não é mais possível enxergar o exercício da atividade econômica qualquer que seja sem que esta, seja sustentável.

Trazer a sustentabilidade para a gestão dos negócios de forma estratégica certamente não é simples.

Mas, não há mais como ignorar!

As empresas precisam estar atentas às oportunidades emergentes da nova economia e agir no sentido de fazer dos seus negócios cada vez mais como agentes transformadores para a sociedade em tempos de aquecimento global e escassez de recursos.

Para que essa evolução aconteça, no entanto, uma mudança cultural precisa ganhar espaço dentro das organizações.

As empresas monitoram e definem padrões para garantir as melhores condições dos colaboradores em todos os processos.

Em um mundo cada vez mais globalizado, no qual as fusões e aquisições são constantes, a padronização e a disseminação das informações são ferramentas fundamentais para evitar possíveis incidentes tanto laborais e ambientais.

Divulgar e conscientizar colaboradores, no entanto, não é tarefa fácil.

Para ser eficaz, a comunicação precisa ser constante, bem estruturada, com uma cultura forte organizacional de sustentabilidade e envolver todos os funcionários, desde a equipe operacional até os gerentes e diretores.

Principalmente em multinacionais, presentes em diferentes partes do mundo e com negócios diversificados, o sistema de gestão de QSMS-RS e Sustentabilidade deve estar entre as grandes preocupações dos gestores.

São eles os responsáveis pelos treinamentos, monitoramento e disseminação da cultura e dos padrões de qualidade, meio ambiente e segurança da companhia.

Além disso, os gestores acompanham de perto o dia-a-dia dos trabalhadores e sabem identificar os principais pontos que precisam de maior atenção.

Ou seja, o sucesso das campanhas internas também depende do comprometimento do nível gerencial.

Partindo do pressuposto que todo e qualquer acontecimento indesejável no processo deve ser evitado e ações de sustentabilidade são bem-vindas, as campanhas de conscientização podem combinar comunicação interna, ações dos RH e da área de QSMS-RS e Sustentabilidade.

Em empresas multinacionais, a recomendação é sempre buscar avaliar as experiências de cada país e divulga-las para outras regiões.

Muitas vezes, é possível adaptar soluções para problemas comuns. Por experiência própria essa adaptação não é uma das tarefas mais fáceis.

Quando trabalhei na Líbia implantar coleta seletiva, armazenar e buscar uma empresa para recolher o óleo usado foi um pesadelo!

E reutilização de água?  Para que? me perguntavam, se o governo fornecia de graça!.

Detalhe: A água vinha a 700 km do meio do deserto transportado pelo maior rio artificial do mundo proveniente de vários poços a não sei quantos metros de profundidade.

Nas ações de sustentabilidade, campanhas motivacionais, inclusive com prêmios para os funcionários, exercem sempre um resultado muito positivo.

É possível criar campanhas e até competições mundiais periódicas para incentivar a conscientização de procedimentos de segurança ou sustentabilidade, como o uso de equipamentos de proteção individua ou reuso de água.

Com a globalização das empresas;

Nos últimos anos, as taxas de crescimento no quadro de funcionários foram expressivas.

Em plena expansão, o recebimento de novos colaboradores impõe a implantação de treinamentos adequados em matéria de qualificação, de prevenção a acidentes e cuidados com o meio ambiente ter uma cultura organizacional forte é essencial para disseminação.

Além das ações de comunicação e através de premiações, as empresas estão levando para todos os países o conceito de Sustentabilidade e QSMS-RS.

O objetivo do prêmio é recompensar as equipes que aplicam todos os procedimentos de segurança, saúde, qualidade e meio ambiente e mostrar aos novos funcionários a importância da cultura da empresa.

Com todo o envolvimento dos gestores através da comunicação interna e liderança, a possibilidade de premiação incentivou a criação de equipes e o comprometimento mútuo entre os profissionais.

Ao longo de 12 meses, a expectativa é favorecer a conscientização dos novos funcionários e reforçar para toda a equipe interna a importância e a preocupação com a qualidade, questões ambientais e de segurança do trabalho.

Os conflitos são naturais no ambiente corporativo.

Há muitos profissionais com ideias, formações e estilos diferentes de trabalho, e essa diversidade leva ao embate de opiniões com frequência.

Mas é importante que o gestor esteja sempre envolvido exercendo uma forte liderança para que essas discussões tenham sempre como objetivo o crescimento do negócio, melhoria de processos e desenvolvimento das equipes.

Procedimentos corretos de QSMS-RS e Sustentabilidade, campanhas bens estruturadas, gestores com forte liderança comprometidos, dividindo responsabilidade e colaboradores envolvidos é a principal receita para evitar toda e qualquer falha de processo.

Estamos juntos!

 

Publicado em 20 de outubro de 2014