fbpx

Sustentabilidade Corporativa no setor do Turismo, uma questão de sobrevivência!

Notícias de hotéis, pousadas e até mesmo parque aquáticos serem autuados por crimes socioambientais, já se tornou corriqueiro nas mídias.

Até então, eu achava interessante, mas nada mais que isso;

Pois era um segmento que não tinha interesse em atuar.

Até que recebo uma ligação da direção de uma rede hoteleira, com problemas, que não diferem nem um pouco da indústria, principalmente quando se paga para ver se existe ou funciona mesmo esta tal “lei de crimes ambientais”.

Voltando ao fato, o problema era o seguinte: Um dos seus hotéis está respondendo por crime com impactos socioambiental e a coisa ficou feia.

Requisitaram uma auditoria de sustentabilidade para toda sua rede e dos fornecedores e implantar uma gestão de risco socioambiental.

Ah, e depois de executados estes trabalhos, quem sabe ir para uma certificação ISO, e perguntaram o que eu achava, já que ia acompanhar a gestão daqui para frente.

Engraçado que as pessoas ainda insistem neste pensamento de quem tem ISO, não tem problemas de qualidade, acidentes socioambientais ou de trabalho.

Gostaria de conhecer a pessoa que vendeu essa ideia, pois foi muito bem comprada até por alguns profissionais da área, mas isso é tema para próximos textos ou palestras.

Empresas do setor de turismo e a Sustentabilidade Corporativa possuem uma relação intima.

Mas poucos, mas realmente poucos enxergam desta maneira, mas também, cá entre nós nada diferente de outros segmentos que conhecemos.

Muitas redes ou proprietários continuam pagando para ver, “a máxima brasileira de que só acontece com os outros!”, é forte entre o empresariado que não deseja investir.

A relação entre os hotéis, pousadas, etc. E as comunidades a sua volta e ao meio ambiente é extremamente estreita.

Um estudo recente sobre a relação das empresas no setor do turismo com a implantação e a gestão de Sustentabilidade revela que esses dois campos são muito mais intimamente ligados do que se poderia imaginar.

A implantação e gestão de riscos baseados nos princípios do que é realmente uma organização que possui Sustentabilidade corporativa como modelo de negócio.

É um grande aliado para muitas empresas que querem sobre sair da sua concorrência e claro evitar que acidentes socioambientais venham a fechar seu negócio, bem como agradar aos hospedes que estão ligados na questão de Sustentabilidade.

Estabelecer uma relação transparente e correta entre o setor do turismo e as comunidades e ao meio ambiente em sua volta é essencial para o futuro do setor.

Aliás é a base do Desenvolvimento Sustentável, que nada mais é do que um modelo de negócio a ser adotado ou não.

É comum de nossa parte, correlacionar o termo “Sustentabilidade Corporativa “com as indústrias ou empresas que realmente impactam as comunidades e o meio ambiente em suas vizinhanças de uma forma ostensiva.

E relevamos outros segmentos da economia que provocam o mesmo, ou até com muita mais intensidade o ambiente que o cercam.

Poderia citar vários, que passam despercebidos pela sociedade, até mesmo por ser cultural a percepção de risco de cada indivíduo.

Mas não vamos levantar a lebre, só por levantar, deixemos a cargo dos órgãos fiscalizadores

Acreditamos que todas as organizações, independentemente do segmento, localização ou dimensões, afetam as comunidades e ao meio ambiente do seu entrono, e uma gestão visando a Sustentabilidade necessita ser adaptada às suas necessidades é essencial.

O setor do turismo e toda sua cadeia de fornecedores não são uma exceção, onde encontramos uma simbiose muito forte entre eles.

Sempre bom lembrar que o turismo em geral em relação as comunidades e ao meio ambiente caminham lado a lado um impactando ao outro tanto negativamente como também trazendo benefício.

Interessante que por parte de alguns empresários do setor ainda se tem dúvida se devem ou não em estabelecer uma visão correta da importância de uma relação equilibrada entre as duas atividades.

Ou seja: Estabelecer uma atividade econômica, respeitando a comunidade e protegendo o meio ambiente, que são essenciais para futuro do empreendimento.

Por outro lado, não podemos esquecer que a demanda dos hóspedes pela questão da sustenbilidade é um fator de pressão a atividade a tomar a gestão de riscos socioambientais mais a sério.

É por esta razão que a implantação da Sustentabilidade Corporativa é uma decisão estratégica e de sobrevivência para o negócio no intuito de também atrair hóspedes cada vez mais consciente com as atitudes das empresas quanto a possuir um Sustentabilidade corporativa.

Você pode definir os sistemas de gestão de QSMS-RS ou SGI como ferramentas eficazes fundamentais para as organizações do setor de turismo e sua cadeia de fornecedores estabelecerem as bases para alcançar Kpis de Sustentabilidade.

E sem esquecer o óbvio, mas sempre condenado ao esquecimento: Estar em compliance com a legislação que é aplicada ao setor.

O impacto da implantação da Sustentabilidade Corporativa na cadeia do setor de turismo é grande.

Tanto hóspedes conscientes da importância da implantação de políticas de prevenção socioambientais eficientes e bem como a sociedade, olham para as empresas que são transparentes em sua gestão de Sustentabiliade com aprovação.

A indústria do turismo é imensa, e é possível assistimos um movimento da rede hoteleira e toda sua imensa cadeia quanto a preocupação com a questão da sustentabilidade corporativa e como seus impactos socioambientais devem ser identificadas, controlados e mitigados.

As práticas da indústria hoteleira em matéria de sustentabilidade corporativa têm sido amplamente estudadas e uma série de estudos publicados mostram que o compromisso de melhores práticas socioambientais influencia o desempenho econômico do hotel.

Além disso, notasse também, um consenso sobre a importância das melhores práticas que permitem os setores tornar-se mais sócio ambientalmente sustentável.

Assistimos outros segmentos da economia com uma preocupação no socioambiental, mas sem dúvidas a rede hoteleira por exemplo tem mais chances de explorar a questão do desenvolvimento sustentável

Sem dúvida um hotel, pousada ou parque que possui uma política e gestão de Sustentabilidade Corporativa, corre muito menos risco de ser fechado ou assistir seu negócio ser inviabilizado por acidentes ou multas.

Pesquisas mostram que além de se destacar demais (concorrência), existe uma grande procura de hospedes que possuem consciência quanto a importância da questão socioambiental ao meio ou seja: AGREGA VALOR.

Quanto ao meu cliente, estamos juntos na gestão da Sustentabilidade Corporativa e para que quem não sabe, os objetivos a serem alcançados nunca terminam, sempre estamos buscando maneiras mais eficientes para promover o desenvolvimento sustentável .

Estamos juntos!