O Valor do SGI (QSMS-RS) e Sustentabilidade no Agronegócio.


Não é preciso dizer sobre a importância do agronegócio para o Brasil e suas exportações, apesar da mídia só se lembrar deste segmento quando a economia do país não vai bem.

Mencionando que é um segmento que sempre existe demanda para mão obra, é a economia que empurra o país e por aí vamos.

Mas será que, temos a ideia de tão quanto é difícil o agronegócio em ser produtivo?

E as exigências do mercado para este segmento?

Não é um mercado fácil para exportar e como qualquer outro segmento da nossa economia, cada dia mais as demandas do mercado quanto as questões de proteção ao meio ambiente, ser um produto sustentável e de qualidade são alguns dos requisitos exigidos.

A importância de possuir um sistema integrado (SGI) QSMS-RS e Sustentabilidade se faz necessário.

A gestão isolada dos sistemas de Qualidade, Segurança, Meio Ambiente, Saúde e Responsabilidade Social, podem significar uma série de desvantagens para a organização nos mais variados níveis, podendo dar origem a um sistema de gestão demasiado complexo, confuso.

Além destes aspectos a manutenção isolada dos sistemas, representa custo, alocação de pessoal para atender os requisitos de cada sistema.

Um sistema integrando a Gestão da Qualidade, Segurança, Meio Ambiente, Saúde e Responsabilidade Social, uma vez implantado corretamente, minimiza e aperfeiçoa os processos e os componentes dos vários sistemas, criando um único sistema de gestão, centrando as atenções para um conjunto único de procedimentos, que associam as áreas de interesse.

E estes sistemas são os pilares para uma sustentabilidade empresarial!

Há um bom tempo em que as empresas vêm adotando ferramentas de qualidade, como 5S, qualidade total, ISO 9000, para gerenciar seus negócios e adquirirem melhoria de desempenho dentro do mercado que atuam.

Entretanto as exigências atuais dos clientes deste mercado global não se restringem apenas à questão relacionadas com o produto final, mas também com o processo de produção e as consequências dele para a sociedade, como ser um produto com produção que não agrida ao meio ambiente.

Desta forma as empresas do agronegócio sentiram a necessidade de gerenciar outros fatores como:

Sustentabilidade empresarial;

A questão sobre a prevenção a acidentes ambientais;

O relacionamento com as comunidades;

. As questões relacionadas com a qualidade de vida, segurança e saúde dos trabalhadores.

Da mesma forma que a gestão pela qualidade, esses fatores também têm que atender padrões já estabelecidos como normas ISO.

E outras normas que sugiram dentro dos países de forma geral, com o objetivo de garantir que as normas ambientais e de respeito à saúde e segurança dos trabalhadores sejam respeitadas.

Atualmente as empresas não estão utilizando somente o gerenciamento pela qualidade baseado nas normas ISO 9000.

Mas também atuando na gestão ambiental baseada na norma ISO 14001, na gestão da saúde ocupacional e segurança no trabalho baseado na especificação OHSAS 18001, e na norma ISO 26000 de responsabilidade social de forma integrada.

É assim que surge o SGI, Sistema de Gestão integrada ou QSMS-RS.

O SGI visa unir o atendimento às normas de forma simultânea para os pontos comuns, como, por exemplo, no processo de aquisição deve ser verificado tanto as especificações técnicas, como as especificações ambientais e de saúde e segurança no trabalho.

E incluir os valores não contemplados em alguma norma de forma que sejam vistos como um só processo de garantia de qualidade.

Ressalto que o conceito de qualidade desta forma se amplia, pois, o cliente não leva somente em conta as características do produto ou serviço, mesmo que esse já contemple um valor agregado.

Ele também busca uma maior coerência ambiental e uma garantia que não está comprado de empresas que não respeitam os seus funcionários e o meio ambiente.

Embora pareça utopia, ou até demagogia, pois algumas empresas utilizam essas ferramentas apenas para se destacarem no mercado (green washing), sem a real conscientização do assunto, é notório de que é uma realidade que está se tornando cada vez mais presente na nossa sociedade.

E mesmo não conseguindo fazer que o atendimento a esses requisitos seja algo decorrente de uma conscientização real dos nossos gerentes, só o atendimento aos requisitos legais já é um grande passo, principalmente para o Brasil.

Atenção, auditorias de SGI contemplando todas as normas acima mencionadas e outras legislações aplicadas, são cada vez mais constantes na cadeia de fornecedores.

Já presenciei muitas empresas perderem seus clientes de exportação, por causa da reprovação nessas auditorias de SGI .

Estamos juntos!

 

Os Mais Vistos
ACIDENTES AMBIENTAIS E A NECESSIDADE DE UMA GESTÃO... Acidentes Ambientais e a necessidade de uma gestão Sustentável baseada em análise de risco e seu gerenciamento. Incompreensível que se aceite diag...
A importância da Gestão de RH na cultura de VALOR ... O RH é de extrema importância ao apoio e suporte à linha gerencial quanto a implantar uma cultura de valor nas empresas. Quando falamos em a ne...
Acidentes Acontecem , Até Quando? Não existe expressão que mais me incomode ouvir, como esta mencionada no título do texto. Quer me ver fora do sério é escutar de algum Profession...
Passivo Ambiental e remediação de áreas impactadas... Esta manhã, atendo uma ligação de uma empresária que tinha assistido duas matérias, sendo uma sobre os valores pedidos pelo MPF ao responsável e aos...

Sobre Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .

Deixe uma resposta