GESTÃO EM QSMS-RS 1 Comentário


Gestão QSMS-RS , Qualidade, Segurança, Meio Ambiente, Saúde e Responsabilidade Social

Independente do segmento econômico ou tamanho da organização acidentes com colaboradores, acidentes ambientais, colaboradores e comunidades insatisfeitos com a organização são uma constante ,infelizmente !

E como sempre digo e repito  a todos colegas da área .

“ Não existe zona de conforto para os que militam nessa área de QSMS-RS “

É um grande desafio diário para nós.

Neste texto falaremos sobre as questões ambientais, pois acidentes ambientais continuam criando um passivo ambiental e consequentemente a sociedade sofre com a falta por parte de algumas organizações a preocupação com o meio ambiente.

O problema ambiental vem cada vez mais se tornando preocupantes, principalmente com acontecimento não só de grandes acidentes ambientais, mas também daqueles despejos de resíduos sólidos ou químicos perigosos no meio ambiente.

A conta um dia vai chegar para os que não consideram a questão ambiental com seriedade impactando a comunidade , e todo cuidado é pouco por nós gestores .

Outros exemplos significativos, destacam-se a falta de água, energia e o esgotamento acelerado dos recursos naturais, etc.

Todos estes problemas levam à busca de um novo modelo de crescimento econômico que considere mais a preservação do meio ambiente.

Está claro que a solução para todos estes problemas deve ocorrer em vários níveis:

Individual: Que deve tomar posturas que respeitem mais o meio ambiente a fim de limitar o consumo e economizar recursos naturais.

Organizações: Que devem funcionar reduzindo ao máximo seu impacto ambiental negativo.

Poder Público: Cuja função primordial é regulamentar o modelo final de funcionamento que respeite o meio ambiente.

Desta forma, as empresas não podem ignorar suas obrigações ambientais, a pressão dos consumidores e as imposições normativas, obrigam-nas a conceber produtos e sistemas de produção e distribuição que minimizem os impactos ambientais negativos.

Até poucos anos, as empresas consideravam estas questões como uma imposição dos sistemas de proteção ambiental, que implicavam aumento de custos.

Mas hoje, os aspectos ambientais começam a ser considerados como fatores competitivos, que podem conceder à empresa uma vantagem no mercado.

De fato, uma política ambiental bem concebida pode ajudar a reduzir custos, assim como gerar benefícios marginais pela comercialização dos resíduos, além de conduzir a segmentos de mercado especialmente rentáveis.

A cada dia fica mais óbvio que, para uma atividade empresarial ser mais eficiente, faz-se necessária a introdução de critérios ambientais no processo produtivo, e é por este motivo que o projeto de uma correta gestão ambiental na emprese desempenha um papel fundamental.

Uma das ferramentas ideais para fazer com que as empresas priorizem as políticas de prevenção, ao invés das de correção, são a implementação da gestão de QSMS-RS ou seja Qualidade, Saúde, Meio Ambiente, Segurança e Responsabilidade Social.

Onde destaco a gestão ambiental neste texto.

Definitivamente, pode-se afirmar que os custos ambientais das diversas atividades não são contabilizados.

Não obstante, deve-se ter uma ideia clara de que, apesar de significar em curto prazo um custo para as empresas investir na proteção e na garantia de qualidade de vida, com toda segurança, este custo será infinitamente inferior ao valor da qualidade de vida e do bem-estar da humanidade.

Qualquer atividade das que conhecemos podem interferir no meio ambiente através de diversas maneiras em seus processos como produção (utilização de matérias primas, energia e água e consequentemente: emissão atmosféricas, efluentes, geração de resíduos sólidos, ruído e vibração), distribuição, comercialização, etc.

Inúmeras medidas de proteção buscam minimizar os impactos produzidos pelos processos produtivos das empresas.

No entanto, essas medidas visam o tratamento do resíduo após sua geração (medidas de caráter corretivo), onerando assim o processo produtivo devido ao custo elevado da implantação de sistemas de tratamentos.

Por isso, deve-se buscar formas que viabilizem a otimização desses processos.

A correta gestão das variáveis ambientais é o que permite essa otimização.

Por isso, as empresas necessitam trabalhar atuando nos seguintes pontos, como por exemplo: redução do consumo de energia, gestão correta de resíduos, redução do consumo de matérias-primas, redução do consumo de água e etc.

Para colocar em prática uma gestão ambiental se faz necessário entre outras atitudes do sistema de gestão de QSMS-RS: Elaborar uma política ambiental, fixar objetivos e metas, elaborar um plano de atuação em meio ambiente.

O primeiro passo que uma empresa deve tomar para a implantação de uma gestão ambiental é a implantação de uma política ambiental séria e efetiva  , não para os outros somente assistirem e  nem como marketing verde .

Essa política ambiental tem que ser definida como uma declaração de objetivos, elaborada pela própria empresa, que exponha o compromisso adotado para melhorar sua atuação em relação ao meio ambiente.

Não basta só escrever a política , tem que abraçar a política como um VALOR ! 

Quem vai dar o primeiro passo?

Estamos juntos !

Os Mais Vistos
A IMPORTÂNCIA DA CONFORMIDADE AMBIENTAL NA INDÚSTR... Nações e as atividades econômicas estão caminhando para uma completa internalização dos custos da conservação ambiental, implicando a necessidade de...
MELHORES PRÁTICAS DE GESTÃO E A QUESTÃO AMBIENTAL ... A Importância das melhores práticas de gestão e a questão ambiental O efeito da atividade humanas sobre o meio ambiente aumentou significativa...
VISÃO AMPLIADA NA GESTÃO DE QSMS-RS & SUSTENT... Em uma dessas manhãs em um projeto no interior da Eritréia na África, entra em minha sala quase a tapas o engenheiro de segurança e o médico (quem é...
Impacto Socioambiental, responsabilidade de quem e... Estamos em época de grandes aquisições, fusões e novas empresas se instalando em nosso país. Toda atenção por parte destes investidores quanto ao i...

Sobre Roberto Roche

Roberto Roche ao longo de três décadas consolidou sua experiência exercendo vários cargos de alta direção em QSMS–RS & Sustentabilidade nas áreas de Óleo & Gás, Construção Civil Pesada, Montagem Industrial, Portos e Mineração em mais de 15 países na América Latina, África e Oriente Médio como Mars, Queiroz Galvao Internacional e Odebrecht Internacional e Imerys .


Deixe uma resposta

Um pensamento em “GESTÃO EM QSMS-RS

  • Cassio Marins - Odebrecht Ambiental

    Roche , todos nós profissionais da área temos que agradecer a você. Somos olhados com desconfiança ,engenheiro de segurança e técnicos de segurança são menosprezados e humilhados .Você esta trazendo dignidade com seus textos . Parabéns .Estamos juntos com a gestão de QSMS-RS e Sustentabilidade